Falta de entendimento leva posto guarda-vidas ao chão Imprimir E-mail
Bombeiros
Ter, 06 de Maio de 2014 00:27

posto guarda-vidas demolido em ItapoáEm matéria publicada no dia 26 de março de 2014, com o título “Desperdício de dinheiro público em construção irregular de posto guarda-vidas”, o jornal Diário de Itapoá apurou uma situação inusitada de construção de um posto guarda-vidas em terreno particular e sem a autorização do proprietário do imóvel.


O Corpo de Bombeiros Militar de Itapoá tentou reverter a situação até essa quarta-feira (01/05), e após esgotadas as tentativas de diálogo, o posto teve que ser demolido, restando no local apenas escombros.


Nota do Grupo de Salvamento Aquático de Itapoá

Em nota o grupo de salvamento aquático de Itapoá, que, representa os Guarda-Vidas Civis, lamenta o ocorrido. Diz respeitar e entender o proprietário do terreno, porém "DISCORDA" totalmente do desfecho dos acontecimentos.

O Grupo acredita que o proprietário apenas tenha ficado desapontado em chegar e ver uma edificação em seu imóvel. O grupo ressalta que o erro já havia sido divulgado e todos estavam com o proprietário que tinha e tem total razão, porém entende que ele teria saído da historia como um exemplo de "piedoso" se tivesse perdoado o erro e doado, cedido ou emprestado aquele pequeno pedacinho de chão (6 m²), levando em conta que nesta localização será, pouco possível ou impossível qualquer construção que não seja de interesse publico. Apesar de ser um terreno particular o imóvel está em área de marinha.

O grupo finaliza acrescentando que torce para que esta aparente “vitória” do proprietário do imóvel não tenha o sabor de tragédia e que nenhuma vida precise daquele posto, pois se precisar os Guarda-Vidas estarão lá, 12h por dia, mesmo que sob um guarda-sol.

E se houve algum empresário que se comova com esta situação e queira fazer um novo posto 2 metros para a esquerda, procure o Corpo de Bombeiros ou a Prefeitura ou o GSAI, que será muito bem vindo.


Matérias relacionadas:
- Desperdício de dinheiro público em construção irregular de posto guarda-vidas

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar