Câmara Municipal realiza solenidade em comemoração aos 26 anos de emancipação política de Itapoá Imprimir E-mail
Eventos
Dom, 26 de Abril de 2015 08:38

No evento realizado na manhã desse sábado (25), cidadãos itapoaenses receberam homenagens dos Vereadores e do Prefeito Municipal em reunião solene realizada pela Câmara Municipal em comemoração ao 26° aniversário de Itapoá. O aniversário de Itapoá é comemorado oficialmente no dia 26 de abril.


Na manhã desse sábado (25), a Câmara Municipal de Itapoá realizou solenidade e ato cívico em homenagem ao 26º aniversário da emancipação política do município de Itapoá. O evento contou com a presença da autoridades municipais, com destaque para o Prefeito de Itapoá Sérgio Ferreira de Aguiar e do Presidente da Câmara Municipal Daniel Silvano Weber, Além de representante do Governo de Santa Catarina.


Confira a gravação completa do evento. Clique aqui.

O evento contou com a entrega de honrarias, conforme relação de homenageados abaixo:

Titulo de Cidadão Honorário: José Sluminski.
De autoria do Vereador Geraldo Weber (PSDB).

Medalha de Honra ao Mérito: Marcos Antonio Fontana.
De autoria da Vereadora Márcia Soares (PSDB).

Medalha de Honra ao Mérito: Sônia Maria da Silveira.
De autoria do Vereador Osni Ocker (PR).

Medalha de Honra ao Mérito: Solane Godeti Zagonel.
De autoria do Vereador Carlito Custódio Jr (PR).

Medalha de Honra ao Mérito: Luiz Antonio Piazzetta.
De autoria do Vereador Daniel Weber (PMDB).

Medalha de Honra ao Mérito: Fernando Pacheco.
De autoria do Vereador Ernesto de Aquino (PSC).

Medalha de Honra ao Mérito: Francisco Besen.
De autoria do Vereador Jocélio Pínheiro (PMDB).


Histórico do Senhor José Sluminski – Cidadão Honorário de Itapoá e autor do hino de Itapoá

JOSÉ SLUMINSKI, nascido em 29 de agosto de 1942, no Município de São Bento do Sul, filho de Rosa e Stefano Sluminski, sendo avós maternos, Estefano Langoswski e Marta Langowski. Casado com Iracema Alves Sluminski, teve 4 filhos: Sarita Rosália Sluminski, Hemorisa Sluminski, Taís Josiê Sluminski e José Augusto Sluminski.


Iniciou seus estudos musicais na Escola de Música da Sociedade Ginástica, com os professores Alberto Brodbeck (Acordeon), Elsa Chicorro (Teoria), Adelaide Ritzmann e Lacir Brodbeck.  Continuou seus estudos em Brasília, onde foi regente de uma banda de clarins, para a entrega de credenciais. Isso aconteceu em 1961 e 1962. Em 1969, participou de um seminário, na Escola Superior de Música em Blumenau, com os professores Oscar Bender, Isolve Frank e outros. Estudou harmonia e composição com o professor Giovanni Tempo na Escola de Música Donaldo Ritzmann. Em 1972, teve curso de expressão e dinâmica com a professora Leila Paiva de Curitiba.


Atuou nas seguintes escolas: Sociedade Cultura e Artística de Jaraguá do Sul, no SESI também de Jaraguá do Sul, na escola Municipal e no Colégio Cenesista em Rio Negrinho, na Escola de Música Donaldo Ritzmann em São Bento do Sul.


Atuou como regente nas seguintes bandas e fanfarras: Fanfarra do Colégio Estadual São Bento, do Colégio Professor Roberto Grant, Fanfarra Genésio Tureck, Fanfarra Sesiana, Banda Bavária, Banda do Grupo Folclórico Boehmerwald e Polska Orquestra. 


Atualmente trabalha como professor e regente nas seguintes escolas: Escola José Ernesto Froehner, em Campo Alegre, Escola Jazz Band Elite em Corupá e Escola de Música e Harmonia Piên-PR.


Participou da Orquestra Municipal de Espetáculos e do Coral Santa Maria. Conquistou o título de  Bicampeão Estadual (1990/1991) e Vice-campeão Nacional com a Fanfarra Cenesista São José (1990), Bicampeão Nacional (1992) com a Fanfarra Cenesista São José. Vice-campeão Nacional na categoria Banda do SESI de Jaraguá do Sul e nesta categoria Campeão Nacional em 1992.


Foi vencedor dos Concursos Públicos Oficiais: Hino de Campo Alegre; Hino de Guaramirim; Hino de Corupá; Hino de Itaiópolis e Hino de Itapoá.


É autor também de outros hinos: Hino do Rotary; Hino do Clube do Sonho Azul; Hino da Sociedade Desportiva Bandeirantes; Hino Centenário de Campo Alegre; Hino Centenário de Corupá; Canção da Saudade (Em Memória a Maria Eduarda – Duda); Aurora Imortal (Em memória a Genésio Tureck), Homenagem ao Rotary Club São Bendo do Sul (Mensagem da Esperança).


JOSÉ SLUMINSKI recebeu uma placa de bronze do município de Itapoá no ano em que Itapoá comemorou seu 7º aniversário de Emancipação Política Administrativa, das mãos do então e hoje também prefeito Sérgio Aguiar, com a presença de demais autoridades de Itapoá.
Foi homenageado no SESI de Jaraguá do Sul; Homenagem dos 10 anos de Banda em Corupá; Homenagem pelos 20 anos de profícua atividade como professor da Escola de Música Donaldo Ritzmann em São Bento do Sul – 2004; Recebeu a Medalha do Mérito Cultural; Homenagem do Jazz Band Elite & Coral Ecumênico de Corupá – 2005; Homenagem do Rotary Club Internacional – Rotary Club de Campo Alegre – Distrito 4650 – 2006.

Foi agraciado com o recebimento de vários títulos: Diploma de Honra pelo Quartel em Brasília (05.01.1962); Declaração de bons serviços ao Batalhão da Guarda Presidencial assinado pelo comandante Dagoberto Feliz Bezerra de Araujo Galvão; Título de Cidadão Honorário do Município de Campo Alegre; Cidadão Honorário do Município de Corupá; Certificado “Fernando Perez Villagran” por sua participação e contribuição  nas atividades turísticas e culturais do Mercosul (2001); Chave da Província de Melipilla – Chile, através do Decreto-lei nº 18.695, de 10 de outubro de 2003; Homenagem da Imigração Polonesa do Brasil, através da Câmara Municipal de São Bento do Sul (05.05.2009); Certificado de Reconhecimento pelo Estado de Santa Catarina (16.05.2009); Reconhecimento pelos serviços prestados no município de Itaiópolis; Comenda do Legislativo Catarinense concedida pelo Deputado Jorginho Mello (16.11.2009); Diploma de Honra ao Mérito concedida pelos 50 Anos do Hospital Salvatoriano São Luiz – Campo Alegre (21.08.2010); Homenagem aos 30 anos  dedicados à Música no Município de Campo Alegre” (19.06.2011) e Homenagem prestada pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina aos 60 anos de fundação da Escola de Música Donaldo Ritzmann ( 22.05.2014).


Histórico do Senhor Marcos Antonio Fontana


Nascido em Curitibanos/SC aos 11 dias do mês de fevereiro de 1954; Filho de Iracema Aparecida Lemos Fontana (in memorian) e João Fontana, mais conhecido como 'Joanim Fontana'; Casado com Maristela Franz Perrony Fontana (Stela), Servidora Pública Municipal, atualmente lotada na Secretaria de Educação deste Município; Pai de: Vivian Caroline Fontana, Bacharel em Direito, atualmente trabalha no Ministério Público de Santa Catarina como Assistente da Promotora de Justiça, Dra. Viviane Soares; Evelynn Carolina Fontana, formada em Ciências Contábeis, atuando como Coordenadora Financeira da Empresa GEL, na cidade de Curitiba/PR; e João Victor Perrony, filho do coração, futuro goleiro e engenheiro civil;

Formado em Ciências Naturais e Matemática, com especialização em Matemática; Trabalhou nos Colégios: Santa Terezinha – Antonio Francisco de Campos – Edmundo da Luz Pinto – Colégio JK (Pré-Vestibular) – Colégio Secundário Casimiro de Abreu – Universidade do Contestado, todos em Curitibanos/SC, até o ano de 1993;

Em Fevereiro de 1994, transferiu-se para a nossa cidade de Itapoá/SC, com remoção para o Colégio Estadual Nereu Ramos, onde trabalhou até o mês de dezembro de 2011, quando da sua aposentadoria, depois de 36 anos de magistério. Lembrando, que logo no primeiro ano em Itapoá, exerceu a função de Diretor Geral do Colégio Nereu Ramos, tendo como Diretora Adjunta, a Professora, administradora e hoje atuando como Vereadora a Sra. Márcia Regina Eggert Soares.

E como se diz o ditado “enquanto se descansa carrega pedra”, durante o período noturno trabalhou nas Escolas Municipais (Supletivo e EJA), somente interrompido durante quatro anos, onde atuou como tutor da UDESC, no curso de formação de 75 pedagogos de Itapoá e região, sendo que a maioria hoje trabalham na educação de nosso Município.

Um apaixonado por esportes e vendo as dificuldades de novo Município, participou de muitos eventos: Como atleta participou Regionais dos Funcionários Públicos na cidade de Joinville/SC, nas duas participações foram vice-campeão; ainda como atleta, foi campeão por duas vezes com a equipe do Cuica Pescados de Itapema do Norte, na vizinha cidade de Guaratuba/PR; uma vez vice e uma campeão de Futsal pela equipe Amigos de Itapoá, por essa mesma equipe também foi campeão no futebol de campo.

Como técnico ai foram muito mais trabalhos e conquistas. Moleque bom de bola, masculino e feminino, com algumas conquistas municipais e uma microrregional no feminino pelo Colégio Nereu Ramos; neste Colégio organizou e participou por muitas vezes de um torneio interno, conhecido como inter-salas (masculino e feminino) de futsal, onde cada vez mais conseguia a admiração e o respeito dos alunos e da comunidade local. Como uma prova nos anos de 2009 e 2010 foi escolhido como professor destaque.

Foi também técnico da equipe Fortaleza Esporte Clube onde conquistou o bicampeonato municipal de futebol de campo, sendo premiado como o melhor técnico; no futsal foram cinco títulos municipais e no beach soccer foram seis títulos nos torneios de verão de Itapoá.

Atuou também como técnico da seleção municipal de futebol de campo, participando duas vezes do campeonato inter-praias, ficando nas quatro primeiras colações nas duas oportunidades; em 1999, pela seleção municipal de beach soccer foi vice-campeão sul-brasileiro e em 2000 ficou com o terceiro lugar, recebendo também um troféu como técnico destaque da competição, torneio este realizado na cidade de Itapema/SC; em 2005 foi campeão com a seleção municipal do torneio inter-praias de beach soccer.

Dando um tempo como técnico para atuar como colunista esportivo do jornal Folha de Itapoá com a coluna de Olho no Esporte, onde teve uma passagem curta, pois foi trabalhar na rádio comunitária de Itapoá, como locutor e comentarista esportivo no programa de mesmo nome, fazendo cobertura esportiva em Itapoá e no litoral paranaense, só parando em 2011 por motivos de saúde.

Entretanto, em 2012, voltou a ser técnico de futebol, passando pela equipe Itapoá Futebol Clube, em 2013 pela equipe Estrela Azul, e de 2014 até agora da equipe do Liberdade Esporte Clube, sendo vice- campeão do torneio de beach soccer neste ano na quadra do projeto de verão, e por falar neste evento, trabalhou por três temporadas no projeto, sempre ajudando na organização dos eventos e dos jogos, sendo, inclusive, mesário de uma etapa do campeonato catarinense de vôlei de praia.

Sempre representou com muita dignidade e honra o Município de Itapoá, sendo no esporte ou como profissional da Educação, bem como pelo orgulho de ser Itapoaense.


Histórico da Senhora Sonia Silveira

Homenagem digna a servidora púbica professora Sônia Maria da Silveira pelos seus 30 anos de serviços prestados na educação de Itapoá.

Nome: sônia maria da Silveira. Data de nascimento: 12/09/1962. Filha de: Eduvirges de Freitas dias Bello e Meuchiades Dias Bello. É a 7ª filha de 08 irmãos, sendo que estão vivos 04 irmãos. Natural de são francisco do sul – SC. Casou em 19/01/1985 há 30 anos com o senhor João da silveira que é filho de Florentino da silveira e Marta Rosário da Silveira. Deste casamento teve um filho Rodrigo da Silveira de 29 anos. Profissão: professora e orientadora educacional.

Iniciou na profissão como professora de séries iniciais – como alfabetizadora aos alunos de 1º ano. Depois lecionou para alunos de 5ª a 8ª do 1º grau. Lecionou para alunos do curso do magistério – na escola estadual Nereu Ramos.

Trabalho como bibliotecária nas escolas Frei Valentim e João Monteiro Cabral. Lecionou no curso do EJA na escola João Monteiro Cabral.

Atuou como diretora da escola João Monteiro Cabral.

Atuou como diretora da creche municipal Arco Íris.

Participou de cursos de formação continuada e foi coordenadora de cursos.

Atuou até a data de sua aposentadoria como orientadora escolar na Escola João Monteiro Cabral.



Histórico da Senhora Solane Godeti Zagonel

Todos nós viemos a este mundo com a missão de estreitar a aliança de amor entre nossos irmãos a fim de vencermos os obstáculos que se interpõe em nosso caminho, para ajudar a humanidade a vivenciar melhor os seus problemas, socorrendo, auxiliando nos momentos difíceis e de extrema necessidade.

Neste contexto, somente pessoas sensíveis e especiais possuem a vida para encantar este mundo de violência e desamor cumprindo nossa missão primeira.

A nossa homenageada é uma mulher obstinada, pertinaz, crente de que sempre é possível fazer um pouco mais para que barreiras sejam vencidas.

Tive a honra de indicar aos meus pares este ser humano, esta mulher tão querida e estimada por todos, pelos seus colegas de trabalho, pelos seus vizinhos, pela sua família e toda a comunidade.

Solane Godeti Zagonel, ou simplesmente Solane, filha do seu Osvaldo José Westphal e Veneranda Westphal, nasceu em Taió, Santa Catarina. Casada com Seu Ivo Zagonel, é mãe da Ivone Zagonel. Solane é avó de duas netas, Yasmin e Rafaela.

Quem procura o serviço público busca soluções para todo o tipo de dificuldade e espera uma resposta imediata, assim, ser servidor público é colocar-se a disposição de todos, e esta foi a proposta de vida que a Solane se impôs ao ingressar na saúde público do nosso município em 16 de janeiro de 1990.

Ingressando na área de enfermagem, Solane vivenciou e participou ativamente em vários momentos de muitas famílias itapoenses, momentos de dificuldade, de tristeza e tambem de alegria  assistindo muitas de nossas crianças nascerem.

Solane é do tempo em que nos postos de saúde a enfermagem fazia tudo, da medicação a limpeza da estrutura; já foi Secretaria de Saúde demonstrando grande capacidade de gestão tanto sob o ponto de vista administrativo como social, exercendo ainda as funções de Diretora de Saúde durante muitos períodos.

Cumpre a nós destacarmos que a Solane é um exemplo claro e direto de compromisso assumido com a população e devidamente cumprido. Ela assumiu a postura que se espera de um servidor público, daquele que não somente faz parte da administração, mas que pensa e age em prol da sociedade.

Portanto, a esta mulher, desta magnitude, arrojada na defesa das necessidades de nossa comunidade, somente nos resta esta singela homenagem, a Medalha de Honra concedida por esta Casa de Leis, por todos estes anos de dedicação acompanhada de votos de felicidade e prosperidade eterna a você Solane.


Histórico do Senhor Luiz Antonio Piazzetta
SARGENTO MÚSICO-MESTRE DE BANDAS E FANFARRAS


Nascido em Curitiba -14 de novembro de 1938 – casado, residente em Itapoá desde agosto de 2000; Formado pela  Escola de Música da Polícia Militar do Paraná.
Organizou mais de 40 fanfarras e 3 bandas marciais, com muitos títulos no Paraná, tais como: banda marcial do Col. Lamenha Lis; Escolinha Tia Paula 8 vezes campeã no Paraná na categoria Mirim, Colégio da Polícia Militar do Paraná, Colégio Estadual do Paraná; Fanfarra - carnaval 2002.


Iniciou seus trabalhos em Itapoá em 2001. Em 2002 foi buscar em Campo Comprido-Pr instrumentos doados pelo Colégio Bom Jesus: 40 instrumentos - fanfarra com 48 componentes -   uniformes estilo militar.


Teve muitos convites  para apresentações, a primeira em Vila da Glória, dia 7 de Setembro, desfile cívico. Foi uma maravilhosa apresentação da garotada de Itapoá: aquele Samba e outros toque de percussão.


Nas semanas cívicas aqui em Itapoá, teve participação em todas as escolas do Município e desfiles de rua. No dia 2 de Dezembro de 2011, recebeu convite em Itapema do Sul, 33 das melhores bandas e fanfarras de Santa Catarina, organização da Confederação Nacional de Bandas e Fanfarras e Associação Cronos. Foi uma bela apresentação, com 30 componente bem uniformizados e  disciplinados.


No Carnaval organizou as baianas do Pontal, as Ciganas da Terceira Idade do Maria Izabel, e mais 3 blocos: Brasão, Caninha  51  e 5 Buguinhos. Havia escola de samba  local e sua fanfarra, incluindo papais de alunos e algumas mamães e seus filhos e netos, foi muito bom;
Organizou por dois anos a escola de samba do Brasão, com 6 alas.


Foi coordenador do Festival de Musica de Itapoá e participante do Festival das Nações.


Organizou, com a colaboração do amigo Filardo e o consentimento de José  Sluminski, autor da letra e música do hino de Itapoá,  a harmonização, ritmo e partituras, que poderá ser tocada em qualquer parte do mundo, com bandas e coral. Esta gravação foi enviada para várias entidades musicais do Estado e autoridades, propagando, assim, o nome do belo hino de nossa querida Itapoá.



Histórico do Senhor Fernando Pacheco


Natural do Rio de Janeiro. Nascido em 17 de agosto de 1934. Casado com Antônia Marlene Braga Pacheco. Pai de três filhos, sendo que a filha Patrícia Braga Pacheco, Professora e posteriormente ocupando um cargo na Secretaria de Educação, faleceu no dia 18 de março de 2014. Inclusive recebendo uma homenagem póstuma da Câmara Municipal.

Veio para o Sul do Brasil em 1966, a convite da Empresa Quaker do Brasil, morando 10 anos em Porto Alegre. Posteriormente, foi transferido para Curitiba em 1976, onde residi até o ano de 1992, quando veio residir em Itapoá.

Em Curitiba morou no bairro Jardim das Américas, onde fez o curso para Ministro e participou da diretoria como Secretário, coordenador do CPP, além de liderar o Movimento de Jovens da Igreja São Carlos Borromeu. Nestes 16 anos morando em Curitiba ajudou na construção de uma nova Igreja.

Em Itapoá participou da elevação da Paróquia no ano de 1992 pelo nosso Arcebispo D. Gregório Warmeling, pois antes a Paróquia pertencia ao município de Garuva. O Pároco designado na ocasião foi o falecido Diácono Airton Vidal. Nessa ocasião só tinha ocorrido celebração de Santa Missa em nossas onze comunidades, quando aniversário dos respectivos Padroeiros.

Convidado pelo Diácono Airton, assumiu o Conselho Paroquial de Pastoral. Em razão dessa situação, sendo amigo do saudoso Frei Valentim, Sr. Fernando convidou o Frei a ajudar nas celebrações em nossas comunidades, quando ele passou imediatamente a celebrar três vezes por semana, uma no sábado e duas no domingo. Além do Frei Valentim, o Diácono Airton e mais quatro Ministros atendiam todas as onze comunidades.

Participou com celebrações até o ano de 2000, quando com mais Ministros, o Padre Jonivaldo lhe convidou para formar as Equipes para Catequese de Batismo e Curso de noivos, onde atuei até o ano de 2012.

Paralelo aos compromissos acima, quando da Instalação da Unidade Judiciária Avançada de Itapoá – UJAI – foi designado pelo Meritíssimo Juiz Dr. Décio Mena Barreto de Araújo, Conciliador durante dois anos e cinco meses.

Atualmente continuo na atividade como Ministro quando solicitado e também exerço a função de Juiz de Paz, realizando casamentos no Civil.


Histórico do Senhor Francisco Besen


Contratado por uma cooperativa de energia elétrica que estava fazendo serviços de instalação de rede elétrica em Itapoá, em 1978, Francisco Besen e sua esposa Teresinha Vinter Besen vieram para realizar este trabalho temporário. 


Conhecido na época como Chico da Luz, trabalhava numa sala pequena no Balneário Itapoá. Desde então começou a receber pedidos de ligação de luz (conhecido como padrão de luz), foi aí que o casal percebeu que aqui estava o futuro deles, pois era um lugar que ainda necessitava de tudo. Ele eletricista e ela costureira, resolveram então montar um pequeno negócio, uma loja de materiais elétricos e prestação de serviços na área. 


Compraram uma pequena casa na Barra do Saí, que passou por transformações servindo de residência e comércio ao mesmo tempo, chamada na época de  ELETRO BESEN.


Passaram por inúmeras dificuldades financeiras, pois além do lugar ser de pouco movimento, dependiam diretamente de veranistas, que eram poucos na época. Além de todas as dificuldades como falta de infraestrutura de estrada, também não era possível contar com recursos de telefonia, mercado, dentre outras.


No ano seguinte a chegada de sua primeira filha, e mais dificuldades. A vida do casal não foi fácil,  mas como dizem,  as dificuldades fortalecem, e eles não desistiram. Resolveram ampliar seu negócio partindo para o ramo de materiais para construção, já que a cidade estava crescendo e havia mercado, surgindo então a BESEN MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO.


Do Diário de Itapoá, com informações da Câmara Municipal de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar