Receita Federal do Brasil inicia operação contra sonegação na região Norte de SC Imprimir E-mail
Justiça
Ter, 17 de Abril de 2012 15:37

Receita Federal utiliza helicóptero para identificar imóveis dos possíveis sonegadores.Os contribuintes que tentam driblar a carga tributária sonegando impostos, para evitar a mordida do "leão", terão a chance de regularizar a situação até sexta-feira. Essa é a intenção da Receita Federal do Brasil (RFB) que chegou ontem ao Norte do Estado. Os alvos serão os imóveis de luxo na região de Joinville e São Francisco do Sul.

A operação "Lince" representa uma ação da Receita, por intermédio da Alfândega do Porto de São Francisco do Sul e a Delegacia da Receita Federal de Joinville, que tem como objetivo mapear os imóveis em situação irregular quanto ao recolhimento das contribuições previdenciárias, e identificar variações patrimoniais não compatíveis com a renda declarada.

Participam da ação 35 servidores da receita, sete da marinha e oito da Polícia Militar. Os profissionais utilizarão como equipamento um helicóptero, uma embarcação e três cães farejadores da Receita, dois cães da Polícia Militar e mais uma embarcação da Marinha do Brasil.

Essa é a sétima operação no País com tamanha proporção, contando com apoio da Divisão de Operações Aéreas (Dioar), Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da 9ª Região Fiscal, da Marinha do Brasil e do Grupo de Rádio Patrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Joinville (Graer).

A equipe fará também uma ação de vigilância aduaneira. Serão monitorados aproximadamente 340 km², incluindo terminais alfandegados e embarcações. As cargas e as movimentações nos portos de São Francisco do Sul e Itapoá serão fiscalizados, para averiguar possíveis ações de contrabando e descaminho. A varredura nos terminais portuários será com o apoio dos cães farejadores.

Clique aqui e confira um vídeo feito pela equipe da Receita Federal de Joinville.


Do site do jornal “A Notícia”. A foto é de Claudia Baartsch, da Agência RBS.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar