Relatório da Fatma aponta 58 praias de Santa Catarina contaminadas por esgotos domésticos Imprimir E-mail
Natureza
Seg, 04 de Novembro de 2013 22:51

Lagoa da Conceição é um dos pontos críticos de Florianópolis. Foto: Hermínio Nunes/ Agência RBS.Número representa 1/3 do total de 199 praias do Estado monitoradas pela Fatma


Está chegando a época do ano em que Santa Catarina é mais procurada pelos turistas. O Estado oferece diversidade em suas paisagens, com baías, enseadas, costões e ilhas, com exuberante beleza natural, perfeita para curtir as férias de verão.

Mas, como está a qualidade das praias? Segundo a Fundação do Meio Ambiente (Fatma), das 199 praias monitoradas, 58 estão contaminadas por esgotos domésticos. Os números foram atualizados no primeiro dia de novembro e, a partir desta terça-feira (05), o monitoramento será semanal até março — de abril a outubro, o monitoramento era mensal.

Dos 65 pontos monitorados nas praias de Florianópolis, 19 estão impróprios. Os mais críticos são Lagoa da Conceição, Armação do Pântano do Sul, Fazenda da Armação, Beira-Mar Norte, Pontas das Canas, Santo Antônio de Lisboa, Cacupé, Itaguaçu, Balneário, Bom Abrigo, Jardim Atlântico, Matadouro, Ingleses, Praia da Saudade, Tapera e Palmeiras.

O monitoramento da qualidade da água do mar é realizado por meio de análise, através da contagem da bactéria Escherichia coli (E.c.) presente nas fezes de animais de sangue quente, que podem colocar em risco a saúde dos turistas e da população local.

Conforme a Fatma, praias maiores possuem dois ou mais pontos monitorados. Assim, se um deles for considerado impróprio, não significa que toda a praia esteja inadequada. Segundo a Fatma, a responsabilidade pelo saneamento básico é da prefeitura e o trabalho de fiscalização é realizado em conjunto.

Enquanto a Fundação fiscaliza grandes empreendimentos e caminhões limpa-fossa — sendo que 33 foram autuados por não possuírem licença ambiental, durante o ano — as prefeituras ficam com fiscalização das casas.

A Fundação está distribuindo uma cartilha de coleta em escolas e eventos, salientando que o melhor caminho é a educação ambiental. Foi criada também a campanha Selo Verde da Fatma para estimular as grande empresas, que são reconhecidas por trabalhos em favor do meio ambiente.


Entenda como funciona


Própria: quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras coletadas nas últimas 5 semanas anteriores, no mesmo local, houver no máximo 800 Escherichia coli por 100 mililitros.

Imprópria: quando em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas 5 semanas anteriores, no mesmo local, for superior que 800 Escherichia coli por 100 mililitros ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2000 Escherichia coli por 100 mililitros.


Confira o número de praias impróprias por cidade:


:: Arroio do Silva: 1
:: Balneário Camboriú: 1
:: Balneário Barra do Sul: 1
:: Balneário Rincão: 2
:: Barra Velha: 3 — tendo apenas o ponto da Av. Armando Petreli considerado próprio
:: Bombinhas: 2
:: Florianópolis: 19
:: Governador Celso Ramos: 3
:: Itajaí: 2
:: Itapema: 4
:: Itapoá: 1 (balneário Brasília, final da Rua 650)
:: Joinville: 1 (a única praia)
:: Navegantes: 2
:: Passo de Torres: 1
:: Penha: 9 (das 11 praias da cidade)
:: Piçarras: 1
:: Porto Belo: 4
:: São José: 1


CONFIRA O RELATÓRIO DE BALNEABILIDADE COMPLETO, CLICANDO AQUI.


Do site do Jornal “A Notícia”, com adaptação do Diário de Itapoá. Foto: Hermínio Nunes/ Agência RBS.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar