Veranistas aproveitam a temporada em Itapoá com consciência ambiental Imprimir E-mail
Natureza
Qui, 20 de Março de 2014 22:32

Além da sua beleza natural, Itapoá conta com a praia da Barra do Sai, um paraíso ecológico de grande biodiversidade natural e berço de várias espécies nativas. É a escolha certa para quem quer paz e sossego.


Neste verão, centenas de pessoas aproveitaram o tempo bom e os dias quentes (até mais de 40 graus!) para se refrescar no Mar e no Rio Sai Mirim. Muita gente curtiu nossos encantos brincando na água, praticando caiaque, pescando, comendo um peixinho ou o famoso “Açai na tigela”.

A veranista Maria de Fátima de 49 anos, que brincava com sua filha no mar ressaltou o aumento do movimento nos últimos anos.  “Antigamente na Orla não havia tanta gente, agora em qualquer ponto da praia vemos veranistas com suas cangas e guarda-sóis aproveitando o sol e o mar. É muito bom passar o verão aqui”, comentou Maria.

Para o Sr. João da Silva de 65 anos, o destaque da praia é a tranquilidade. “Tenho casa aqui desde 1989, mas moro aqui a 6 anos. No verão sempre dá bastante gente de vários estados passando as férias aqui. Depois fica calmo outra vez”, comentou o morador da Barra.

No quesito segurança dos banhistas, duplas de salva vidas puderam ser observadas ao longo da orla marítima, além de um guarda vidas e um policial militar que percorriam a praia em quadriciclos, monitorando os possíveis riscos. Turistas como a Vânia Pereira de 27 anos, elogiaram o trabalho dos profissionais de salvamento. “Eu e minha família nos sentimos mais seguros agora”, comentou a veranista.

E foi realizado pela APREMAI (Associação de Preservação do Mangue de Itapoá) nesse verão a “Ação de Educação Ambiental“ explicando a importância da Preservação do Meio Ambiente para moradores e turistas e monitorando ativamente as áreas protegidas pela ONG.

Através de folhetos informativos distribuídos e da instalação de placas, faixas e cartazes nas trilhas, restinga e na praia, buscamos educar a população para a CONSCIÊNCIA AMBIENTAL. Além de educação, existe um forte empenho de voluntários para a limpeza e manutenção de toda área.

“Nós educamos a população e turistas, trabalhamos na limpeza e também exigimos da comunidade a postura ecológica, através dos nossos monitores sempre atentos” comentou  orgulhoso o ambientalista Carlinhos, criador da APREMAI e militante ativo pela natureza.

O objetivo é fazer com que esta mobilização seja frequente, de rotina. A ONG acredita que a parceria entre o turismo, a comunidade, a instituição e o órgão ambiental feita de forma consciente favorece o meio ambiente e possibilita que as próximas gerações também possam desfrutar de toda essa maravilha da natureza.

Mais desafios:
Além de todo esse trabalho, o objetivo para os próximos meses é a estruturação da trilha “CIRCUITO AVENTUREIRO” que proporciona uma linda caminhada dentro do ecossistema, partindo do rio sai mirim, através da mata atlântica e manguezal até a praia deserta. O passeio se completa navegando pelas margens dos rios e observando pássaros e espécies exóticas.

A turista Ana Claudia, de 29 anos, elogiou e parabenizou a APREMAI  pelos trabalhos realizados na limpeza da praia e na Educação Ambiental.  Diz estar ansiosa para encarar a aventura: “Acho que quem conhece o manguezal de perto passa a ama-lo. E quem ama cuida, né!” disse em depoimento a turista.


Fonte: Da APREMAI (Associação de Proteção da Reserva do Mangue da Barra do Saí, com adaptações do Diário de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar