Estado libera recursos para dragar Boca da Barra, em Itapoá Imprimir E-mail
Pesca
Ter, 24 de Novembro de 2015 22:13

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Joinville repassou à Prefeitura de Itapoá o montante de 150 mil reais para dragagem da Barra do Saí Mirim. O documento assinado foi nesta terça-feira (24/11), pela secretária Simone Schramm e o prefeito Sérgio Aguiar.


“O termo de cooperação nós firmamos em setembro e dois meses depois efetuamos o pagamento para o município dar sequência ao trabalho”, disse a secretária. O município litorâneo do Norte do Estado possui uma colônia de pescadores e barcos de turismo que dependem da saída para o mar.
 
“Agora nós vamos licitar a dragagem que irá facilitar a saída de aproximadamente 80 pescadores”, disse o prefeito. A intervenção também minimiza o volume de vazão do rio para o oceano.

Vida “Nada Molhe”

A comunidade pesqueira da Barra do Saí busca uma solução definitiva para a situação do acesso das embarcações de pesca na foz do rio Saí Mirim. O assoreamento e a falta de dragagem resultam em riscos de acidentes e dificuldade de acesso das embarcações de pesca.

Em protesto realizado no dia 13 de setembro de 2014, os pescadores  bloquearam a SC-416 para chamar a atenção das autoridades públicas sobre a necessidade de uma solução definitiva para o canal de acesso na foz do Rio Saí Mirim, na Barra do Saí. Conforme os pescadores, na época dos protestos a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA) não liberou a licença ambiental para as obras necessárias para a solução definitiva do problema, especialmente para a construção do molhe que resolveria o problema.

Um vídeo publicado no Youtube conta com relatos de pescadores da Barra do Saí, em Itapoá. Com mais de dez minutos de imagens bem elaboradas e edição a nível profissional, o trabalho intitulado “Vida Nada Molhe” é uma produção do ano de 2012, realizada pelos alunos Marcelo de Matos Cruz e Sandro Rodrigo Cardoso, do curso superior de Tecnologia da Fotografia, da Universidade Tuiuti do Paraná, em Curitiba, orientados pela professora Luana Navarro.


Do Diário de Itapoá, com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joinville.


Matérias relacionadas:

- PONTOS TURÍSTICOS DE ITAPOÁ: Boca da barra do rio Saí Mirim, em Itapoá

- Pescadores da Barra do Saí bloquearam a SC-416 na manhã desta sexta-feira (12)

- “Vida Nada Molhe” – vídeo publicado nesta quarta (20) mostra um pouco da rotina dos pescadores da Barra

- Pescador morre afogado ao tentar sair na boca da Barra

- Acidente com embarcação reacende discussão acerca da dragagem do canal da Barra

- Reunião sobre desassoreamento do Rio Saí Mirim é realizada na Barra do Saí

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar