Porto Itapoá recebe certificação ambiental ISO 14001 Imprimir E-mail
Porto Itapoá
Qui, 02 de Abril de 2015 22:51

Um ano após conquistar a ISO 9001 para o seu Sistema de Gestão de Qualidade, o Porto Itapoá recebeu na última terça-feira, dia 31 de março, a certificação para a sua gestão ambiental. O terminal conquistou o certificado ISO 14001:2004, oferecido pela instituição internacional SGS. Em 2015, o porto deve passar por uma mudança significativa com a autorização de sua ampliação e, no que tange o licenciamento ambiental das obras, a certificação ISO 14001 é um pré-requisito para garantir o compromisso ambiental do porto.

“Estamos em operação há apenas 4 anos, e sabemos que uma grande empresa como o Porto Itapoá, que tem planos ambiciosos de expansão, a responsabilidade socioambiental precisa estar inserida no DNA da empresa. Com as certificações da ISO conquistadas no último ano, temos a certeza que estamos no caminho certo, trazendo desenvolvimento econômico com valorização das pessoas e do meio ambiente”, afirma o presidente do Porto Itapoá, Patrício Junior.

A sustentabilidade é uma premissa do Porto Itapoá, desde a concepção do projeto, concebido com mínimo impacto ambiental, até o dia a dia das operações, investindo em ações de preservação da fauna e flora, e na educação e monitoramento ambiental. Os investimentos nesta área estão alinhados tanto com as demandas de compensações ambientais do empreendimento, mas também com a filosofia da empresa que busca atuar efetivamente no desenvolvimento socioeconômico da comunidade.

As campanhas ambientais internas abordam temas como redução do consumo de energia, de copos plásticos, desperdício de  água  potável, incentivando  a  adoção  de  uma postura ecologicamente correta. Anualmente realiza-se a Semana do Meio Ambiente, onde diversas  atividades são oferecidas aos colaboradores relacionadas à saúde, meio ambiente e segurança no trabalho.

O reconhecimento do Porto Itapoá, como empresa sustentável e socialmente responsável, teve seu destaque na conquista do Prêmio Ozires 2014 na categoria Empreendedorismo Ambiental, modalidade Empresa, pelo projeto “Recomposição da vegetação em um trecho da Orla da Praia da Figueira”. O projeto premiado contou com a participação de 15 moradores locais, que foram capacitados para produzir mudas de espécies nativas do ecossistema costeiro, em viveiros simples e domésticos. O Projeto Viveiro de Mudas atende coletivamente  uma  demanda  apontada  pela  comunidade  e  que apresenta  viabilidade  ambiental  e  econômica,  capacitando a médio e longo prazo a população local para mantê-lo com fonte de renda familiar.


Fonte e foto: Assessoria de Comunicação do Porto Itapoá.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar