Indisponibilidade nos sistemas de comunicação das empresas TIM e Oi em pleno aniversário de Itapoá Imprimir E-mail
Utilidade Pública
Seg, 28 de Abril de 2014 11:41

Nesse domingo (27), durante algumas horas pela manhã e a partir das 16h até a manhã desta segunda-feira (28), os internautas foram surpreendidos por um apagão do sistema de comunicação das empresas TIM e Oi.


Não é a primeira vez que o problema de queda no sinal da internet afeta milhares de moradores de Itapoá. É cada vez mais frequente os problemas no sistema de comunicação das duas empresas. A empresa Oi é a única empresa habilitada para fornecer o sinal DSL, e não há concorrência de serviço para o mesmo tipo de serviço.

A empresa Sul Internet também oferece serviço de internet, via Wireless. Trata-se de uma modalidade diferenciada de acesso à Internet, em que não há utilização do sistema de comunicação da Oi. Conforme apurado pela reportagem, o serviço da Sul Internet tem se mostrado mais confiável que o da empresa Oi.

Diversos serviços ficaram indisponíveis nesse domingo, conforme abaixo:
- Sinal de DSL da empresa Oi;
- Sinal de Celular da empresa Oi;
- Caixas Eletrônicos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal;
- Máquina de cartão de crédito, com exceção das máquinas que utilizam sinal da empresa Claro;
- Sinal de Celular da empresa TIM;
- Sinal de Internet da empresa TIM;

A situação é preocupante e merece atenção das autoridades municipais. A falta de confiabilidade e indisponibilidade nos sistemas de comunicação prejudicam o desenvolvimento de diversos setores da economia local.


Fibra Ótica para Itapoá

O Governo Federal, por meio do Ministério das Comunicações – Projeto Cidades Digitais, tem se mostrado preocupado com a expansão da rede de fibras óticas pelo Brasil. Há um projeto do PAC 2, que objetiva a modernização do acesso aos serviços públicos nos municípios por meio da construção de redes de fibras óticas. Podem se inscrever cidades de até 50 mil habitantes, distantes até 50 km do backbone (rede principal) da Telebrás ou tenham compromisso firmado com operadora privada para conexão à internet. Ao todo, o Governo Federal disponibilizou cerca de 100 milhões de reais para o projeto.

O município de Itapoá poderá ser atendido pelo projeto, já que o backbone da Telebrás passa na BR-101, e o município está situado a menos de 40km do ponto de Fibra Ótica. Para tanto, a prefeitura precisa realizar o projeto e inscrição do referido programa do Governo Federal.

Caso o município seja contemplado pelo projeto de conexão com o backbone de fibra ótica, os planos de alta conexão oferecidos pela empresa Oi e também por outras empresas como a GVT, poderão aumentar consideravelmente e chegar em até 150Mb, além de melhorar a confiabilidade do sistema de comunicação.

Construir um link de fibra ótica para Itapoá significa uma nova "rodovia" de informações, e certamente possibilitará um grande desenvolvimento econômica e mair atratividade para novas empresas.

Do Diário de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar